terça-feira, 3 de setembro de 2013

POESIA - GRÃOS









Grãos de luz na laje gres,
a sombra cobre a tarde gris,
grãos de lua sobre a tez
da branca onda que desfez
a trilha crua do teu ir.

Grãos de luz na laje gres,
grãos de ti na tarde atroz,
o braço erguido contra o sol
acena um grito de adeus:
um grão de lua cobre o céu.

Grãos de ti na laje gres,
a tarde gris parada e só,
um traço branco feito a giz
divide o dia do teu ir
entre o triste e o fui feliz.

Grãos de mim na tarde em ti...

Pero Vás
Plugin Artigos Relacionados para WordPress, Blogger, ...