segunda-feira, 11 de junho de 2012

POESIA - UMA PEDRA NO MEIO DO NADA



Uma pedra parada no meio do nada
é só
uma pedra parada no meio do nada.
A pedra é só pedra.
O nada é só nada.
Juntos são a imagem
do todo da pedra no todo do nada.


Uma pedra está parada no meio do nada.
Nunca entenderei esta ocorrência.
Se a pedra não se move,
se não for atirada,
o que faz ali, no meio do nada,
essa pedra parada?
E o que há, nisso, algo para pensar, meu Deus?
É só uma pedra,
       uma pedra parada,
                          parada no meio do nada!


A não ser que a visão
dessa pedra
sem explicação,
parada no meio do nada,
seja a lembrança de uma imagem,
                         uma imagem que vejo
                                   quando me vejo no espelho,
                                    parado
                         como uma pedra,
como uma pedra parada,
esperando quem a explique,
no meio do nada.


Pero Vás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado visitante, seja bem-vindo. Os comentários aqui postados não são moderados, por isso, conto com a sua moderação.

Plugin Artigos Relacionados para WordPress, Blogger, ...