quinta-feira, 8 de julho de 2010

SALIM MULEKE

De Ente Maldito

Salim Muleke...
Ah, Salim, Salim, Salim... Salim é Sal, Salim é Sim, Salim é Alim - Muito Alim do Jardim!
Salim é Milas, o rei que tudo em que tocava virava purpurina.
Salim é um leke de fantasias, de incompreensões, de sonhos, de esperanças, de desejos - muitos desejos.
Salim é assim, mas prefere-se "assado".
Salim é poeta (ou poetisa) e escreve coisas.
Coisas como esta:


MÍMESE

Que coisa idiota
arrodear-se em volta
de uma lâmpada.


Parece aquela gente,
sem luz própria,
que vive à volta
de quem as garanta!


--------------------------------------


O título deste poema me deu uma idéia... Acho que  Salim poderia escrever um com o título/tema MIME-SE.
Vamos aguardar para ver o que ele pensa sobre isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado visitante, seja bem-vindo. Os comentários aqui postados não são moderados, por isso, conto com a sua moderação.

Plugin Artigos Relacionados para WordPress, Blogger, ...