sábado, 29 de maio de 2010

É ANO DE COPA!!! PRA CIMA DELES BRASIL!!!

É ano de Copa do Mundo. A Pátria calça as chuteiras e até grão de ervilha vira bola e qualquer espaço de 1 m² vira Maracanã. Todo brasileiro se torna técnico, preparador físico, goleiro, zagueiro, meio-campo, lateral, atacante, GOLEADOR!!!
Brasil-zil-zil-zil!!!!
A nossa é a melhor seleção do mundo. Ninguém ombreia com nossos craques. Ninguém se compara. Porém..........
A humildade é uma arte para poucos e reconhecer que mesmo os deuses do futebol têm o seu lado bizarro (ou humano, se prerirem) é uma das partes mais difíceis de se praticar nessa arte.
A seleção de 70, segundo os cronistas esportivos tupiniquins, encantou o mundo com seu futebol qualificado, leve, redondo, bem jogado. Jogadas bem articulados, passes milimetricamente calculados, chutes precisos.
Êita brasilzão bom de bola!!!!
Pelé!
Rivelino!
Gérson!
Tostão!
E tantos outros. Tantos. Só boleiro! Porém..............

Como eu disse, a humildade é uma arte para poucos.
Para auxiliar aqueles mais exaltados, aos possuidores de espíritos mais, por assim dizer, pueris, vamos dar uma olhada em alguns exemplos que não corroboram exatamente essa imagem tão idílica que se divulgou (e divulga) de nossa seleção em ação nos gramados do México.
E vale lembrar: vamos torcer para que nossos craques façam bonito nesta copa da África, mas não vamos nos iludir com a propaganda de que somos imbatíveis, infalíveis. Para não corrermos o risco de ficarmos inchados e infelizes.

Vamos lá!

30 bizarrices do futebol brasileiro na Copa de 70

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado visitante, seja bem-vindo. Os comentários aqui postados não são moderados, por isso, conto com a sua moderação.

Plugin Artigos Relacionados para WordPress, Blogger, ...