sábado, 29 de maio de 2010

É ANO DE COPA!!! PRA CIMA DELES BRASIL!!!

É ano de Copa do Mundo. A Pátria calça as chuteiras e até grão de ervilha vira bola e qualquer espaço de 1 m² vira Maracanã. Todo brasileiro se torna técnico, preparador físico, goleiro, zagueiro, meio-campo, lateral, atacante, GOLEADOR!!!
Brasil-zil-zil-zil!!!!
A nossa é a melhor seleção do mundo. Ninguém ombreia com nossos craques. Ninguém se compara. Porém..........
A humildade é uma arte para poucos e reconhecer que mesmo os deuses do futebol têm o seu lado bizarro (ou humano, se prerirem) é uma das partes mais difíceis de se praticar nessa arte.
A seleção de 70, segundo os cronistas esportivos tupiniquins, encantou o mundo com seu futebol qualificado, leve, redondo, bem jogado. Jogadas bem articulados, passes milimetricamente calculados, chutes precisos.
Êita brasilzão bom de bola!!!!
Pelé!
Rivelino!
Gérson!
Tostão!
E tantos outros. Tantos. Só boleiro! Porém..............

Como eu disse, a humildade é uma arte para poucos.
Para auxiliar aqueles mais exaltados, aos possuidores de espíritos mais, por assim dizer, pueris, vamos dar uma olhada em alguns exemplos que não corroboram exatamente essa imagem tão idílica que se divulgou (e divulga) de nossa seleção em ação nos gramados do México.
E vale lembrar: vamos torcer para que nossos craques façam bonito nesta copa da África, mas não vamos nos iludir com a propaganda de que somos imbatíveis, infalíveis. Para não corrermos o risco de ficarmos inchados e infelizes.

Vamos lá!

30 bizarrices do futebol brasileiro na Copa de 70

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O PENSAMENTO VEM DE DENTRO - É ÓBVIO!!!







Por Ente Maldito



SEM TÍTULO

No piso escuro do silêncio,
a pesada noite assenta.
Enche de luz o mundo, dentro,
e os tímpanos da alma arrebenta.

Autista Baptista

POESIA EM NOITE DE CHUVA










Por Ente Maldito


CONSOLO AO FILHO QUE CHORA

Não chores, meu amor, não chores.

Como passam os dias, assim passam as dores,
e é imprescindível economizar as lágrimas,
pois ainda virão muitos dias piores.

Não chores, meu amor, não chores.

Há tantas cores no dia,
como na vida há tantos dias melhores.
E é imprescindível viver a alegria
de cada dia para que venham alegrias maiores.

Não chores, meu filho, não chores.

Vem, vamos brincar.

Pero Vás

quinta-feira, 13 de maio de 2010

EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO










Por Ente Maldito

Futuramente quero discutir este assunto - a pedofilia na igreja católica. Por enquanto, posto esta imagem, bastante significativa e bem humorada.

domingo, 9 de maio de 2010

DIA DAS MÃES











Por Ente Maldito


HAICAI IMPERFEITO

Maré cheia - ondas.
A chuva e o vento cortante.
Entra, meu filho.

sábado, 8 de maio de 2010

HD PREMIERE! O Assassino Terrivelmente Lento com a Arma Extremamente Ineficiente











Por Ente Maldito

Ele é frio, incansável, insensível, insuportável.
Ele persegue sua vítima por todo e qualquer lugar, a toda e qualquer hora, nada o detém.
Eu, particularmente, gosto dele. Acho que a vida deve ser assim mesmo: vivida lentamente, passo a passo, segundo a segundo.
Condoam-se com o pobre Jack neste suspense inadequado para hipertensos.


quinta-feira, 6 de maio de 2010

BRINCANDO COM AS PALAVRAS

 






  

Por Ente Maldito


A COR DO SOM


Tem um
tom de
cor que
não tem
som.

Tem um
tom de
cor que
denota um
som de
nota
sem sentido:

um dó doído,
um ré inocente,
um mi não querido,
um fá descrente.

Tem um
som de
cor que
pauta a
luz do
sol, lá,
de si.

Um tom
sem dó.
Um som
de ré.

Que foge e
volta a mi.
Que tem
fá... falado
no... no... sol
que vem
lá... lá...
de si... cima!

Fá sol em mi
pra ti.


Autista Baptista

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Encontro de Compositores - Caiubi Sul - Caxias do Sul

No dia 03 de maio aconteceu em Caxias mais um encontro de compositores ligados ao Clube de Compositores Caiubi. Desta vez a festa foi em Caxias e o clima estava para lá de alto-astral. Músicos e compositores de primeira linha, com trabalhos maravilhosos.
Como era o único "estrangeiro" (todos os presentes eram da região) fui tratado como celebridade, num clima de amizade e acolhimento. Cada músico/compositor apresentava duas músicas. As músicas apresentadas, aliás, deveriam ser de autoria do próprio intérprete. Esse é o espírito desses encontros: o pessoal se reúne para mostrar o seu trabalho: nada de cover ou de interpretação de trabalhos alheios - todos têm de apresentar o seu trabalho.
Mostrei para a galera "A Rosa" e "Meditação". "A Rosa" é minha primeira composição, que fiz aos 16 anos. "Meditação" é mais recente e é resultado da transposição de uma poesia para a música. Tanto uma quanto outra tiveram um ótimo acolhimento.
Abaixo, eu, em dois momentos da minha apresentação.

Clique na imagem para vê-la em tamanho real.

Obrigado a todo o pessoal de Caxias do Sul, em especial ao incansável Cardo, grande incentivador e organizador desses encontros. Espero poder ir no próximo e levar uma galera daqui de Porto Alegre para que mostrem seus trabalhos para a turma da serra. A troca de experiências e idéias é valor inestimável para quem quer chegar a algum lugar na cena musical.
Abraços, então, e até o próximo Caiubi Sul.
Plugin Artigos Relacionados para WordPress, Blogger, ...